quarta-feira, 10 de junho de 2009

Pobres (des)Ensinados

Durante o teste de Biologia...


Óscar: Stora, como é que se escreve 'ascendesse'?
Eu (pensando): Com dois 's'!
Stora: 'Ascende' tracinho 'se'.
Eu (pensando): Boa!


Não sei quem recrimine primeiro: se a ele (estudante do décimo ano) que não sabe a diferença entre o Imperfeito do Conjuntivo e o Presente do Indicativo ou a ela (possuidora de um Curso Superior) que não sabe que na ignorância mais vale o silêncio.

8 comentários:

  1. Realmente, bem visto.
    Eu cá também já apanhei uns assim, professoras que dizem 'fostes' e 'fizestes', colegas e professoras que inventam verbos...
    Enfim...

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Os dois casos são maus, mas uma professora dizer uma coisa dessas.. é caso para ter vergonha

    ResponderEliminar
  3. Na altura, quando cortei o cabelo, achei um horror. Mas agora que penso no assunto, foi a melhor opção. Desaparecem as pontas espigadas e assim, quando o cortares no Inverno ele não vai estar em muito mau estado e talvez nessa altura já não seja preciso cortar muito. Não custa nada :)

    ResponderEliminar
  4. Ora uma pessoa que já se arriscou a um corte radical já está apta para fazer qualquer tipo de corte. No final fica sempre bem melhor do que aquilo que pensamos. Coragem :)

    ResponderEliminar
  5. Eu ficaria envergonhada pelos dois. Mas se a tua professora fosse professora de Língua Portuguesa, aí é que era o fim do mundo!
    A propósito, gostei imenso do teu blog ♥

    ResponderEliminar